SOBRE A RME

 

A Rede Mulher Empreendedora foi idealizada em 2010, durante o “Programa 10 mil Mulheres da FGV”, por Ana Lúcia Fontes e Alice Salvo Sosnowski. Exemplo de como boas ideias e muita boa vontade podem mudar o mundo, especialmente, na área dos negócios. A RME, como é conhecida, conta com mais de 300 mil empreendedoras cadastradas e que acessam, em seus diversos canais de informações, conteúdos, dicas e notícias sobre empreendedorismo.
 
A cada evento realizado pela Rede aumenta, ainda mais, o número de participantes empreendedores. Inclusive, muitos homens vêm buscando apoio empreendedor na RME.
 
Esta dinâmica acontece, especialmente, por conta da interação contínua incentivada pelas diversas ações das dirigentes da RME que acreditam fortemente no poder dos relacionamentos com as empreendedores e parceiros que resultam num poderoso networking para o sistema empreendedor.
 
Tudo isso é feito para dar voz, empoderar e incentivar, ainda mais, as pessoas para assumirem seus talentos, desenvolverem suas ideias e transformarem seus sonhos empreendedores nos mais expressivos tipos de negócios para seus diversos públicos de interesse.
 
Em pesquisa realizada pela Rede, foi identificado que as mulheres, por exemplo, quando têm negócios que dão certo, investem em suas comunidades, especialmente, para que haja um contínuo desenvolvimento e tratam seus públicos de interesse como uma família estendida, pois acreditam no poder colaborativo para melhorar o mundo.